Deus te deu a vida

01/02/2017

O que você faz com a vida que Deus te deu?

Nossa existência é passageira nessa terra, viemos ao mundo com uma incumbência, nos melhorarmos como seres imortais.
Ninguém nasce no lar errado, temos os pais, os irmãos, a família de uma forma geral, os amigos, o trabalho, tudo acontece em um planejamento prévio, que você na maioria das vezes faz parte das escolhas para essa sua existência terrena.
Assim, não existe o acaso. Ou ainda a sorte, nem tampouco a casualidade.
Tudo acontece para a nossa melhoria, sempre que algo nos afeta, uma lição a ser aprendida existe por trás de todos os acontecimentos.
Assim, dono de uma alma imortal, mais nesse momento aprisionada nesse corpo terrestre e esquecida de todas as suas lembranças que vivestes em outras vidas, segue o seu caminho, trilhando de preferência e buscando fazer o bem.
Nessa história de vida que vais escrevendo ao longo dessa caminhada, aprender é parte do processo, sofrer é opção e escolha de cada um, pois não existe nada que aconteça com você que não sejas responsável por isso, em tudo você está envolvido, sempre.
Uma das leis divinas que operam em nossa vida é a de ação e reação, ou de causa e efeito, pois para tudo que você plantar, um dia você vai colher.
Aproveite a viagem e na escrita do seu livro da vida saiba usar todos os sinais que temos em nossa língua.
Usamos vírgulas ás vezes desnecessárias e por vezes são tantas que perdem o sentido da frase, assim saiba que a vírgula é um respiro, um alento ao pensamento, mais em excesso, não funciona.
As reticências são pouco utilizadas, mais são importantes e devemos sempre deixar surgirem quando não temos certeza, ou ainda quando iremos falar algo que não sabemos. Ter respostas para tudo não é necessário, deixar em suspensão ás vezes pode ser a solução.
Os pontos e vírgulas são pouco utilizados, mais são úteis, pois para dar continuidade a uma linha de pensamento ou de ação, podemos dividir de forma bem clara e específica.
Os dois pontos são muito úteis e nos auxilia a pontuar com mais clareza nossas ideias, assim como determinar a ordem de prioridades que precisamos dar a qualquer coisa.
Os sinais básicos da matemática também são muito utilizados, mesmo quando não temos consciência. Assim aprenda a somar, a subtrair, a multiplicar e a dividir. Não esqueça que a divisão é o mais belo de todos, pois quando dividimos você não fica sem e o outro também ganha, mais para dividir é necessário ter algo para compartilhar.
E em tempos modernos aprenda também a usar as #, @, a vida evolui e o aprendizado é um prazer, o saber não ocupa espaço.
E finalmente existe também o ponto final, chega o dia para tudo nessa vida que é necessário encerrar.
Por um ponto final não é o final do caminho, pois o caminho começa a cada novo passo.
Assim seja sincero consigo mesmo, saiba que os ciclos acontecem para tudo e mesmo para os amores que juramos eternos, chega o dia do ponto final.